Notícias do setor - Aumentam as construções

Triângulo

De acordo com a McGraw Hill Construction, o início de novas construções em setembro avançou 13% para uma taxa anual ajustada periodicamente de US$ 556 bilhões. A construção de edifícios não residenciais ganhou força novamente após a recessão de agosto, e o setor de construção de estruturas foi estimulado pela ativação de diversas usinas nucleares de grande porte, opondo-se à queda na oferta de serviços de eletricidade durante o ano de 2013. Nos primeiros nove meses de 2013, o início das construções totalizou US$ 379,3 bilhões, 2% a mais do que o mesmo período do ano anterior. Se as companhias elétricas fossem excluídas das estatísticas do ano até agora, disse a McGraw Hill, o total de início de construções nos primeiros nove meses de 2013 seria de 11% a mais.